Lisboa | Portugal

façaumdonativo

As Boas Notícias do Apoio à Vida
NOVEMBRO 2013

Logo 300dpi rgb

APOIO À VIDA, a nova “marca” da instituição

Decorridos cerca de 15 anos desde a sua fundação, o Ponto de Apoio à Vida decidiu alterar a sua imagem gráfica e a “marca” pela qual pretende ser conhecido: APOIO À VIDA.
O menor enfoque na palavra “ponto” tem a sua razão de ser no facto de, hoje em dia, o âmbito de actuação da Instituição ser muito mais abrangente do que um simples local ou ponto de atendimento. Por outro lado, ao abreviar-se a sua designação oficial, o objectivo é que a Instituição passe a ser conhecida muito mais pela sua denominação do que pela sigla PAV, desfazendo-se assim alguma confusão com uma outra Instituição existente em Portugal.
Além disso, na assinatura “apoio a grávidas em dificuldade”, a palavra “apoio” foi substituída por “ajuda”, o que, além de anular a anterior redundância, confere à Instituição um cariz mais humano e de maior proximidade com aquelas a quem pretendemos chegar.

Na sequência de outras acções de comunicação das novas identidade e imagem da Instituição, e graças ao apoio da JC Decaux e da Câmara Municipal de Lisboa, foi possível realizar, ao longo de mês de Outubro, mais uma importante campanha de divulgação do Apoio à Vida, suportada por cartazes expostos em Mupis e dirigidos especificamente a grávidas. O novo conceito e imagem do Apoio à Vida foram desenvolvidos pela agência BACK, a quem agradecemos todo o trabalho desenvolvido.


site1

Nova imagem novo site

O Apoio à Vida tem um novo site, com uma imagem renovada e novas formas de navegação.
Além de diversa informação de carácter institucional e sobre a natureza da nossa actividade, o site “apoioavida.pt” disponibiliza muita informação útil para quem precisa de ajuda, incluindo algumas histórias reais, contadas na primeira pessoa, de mães que acompanhámos e que constituem verdadeiros exemplos de quem nunca desistiu.

Outra importante área do site explica as diversas modalidades de ajuda ao Apoio à Vida. É graças a essa ajuda – sobretudo os donativos regulares de particulares e empresas – que podemos continuar a nossa missão. A implementação deste novo site só foi possível graças ao apoio da Browserbox, a quem muito agradecemos toda a colaboração neste projecto.


Nascimento CSI

Casa de Santa Isabel já recebeu mais de 112 Mães

É com enorme alegria que partilhamos esta notícia: nasceu mais um bebé na Casa de Santa Isabel. É uma menina e pesa 3,90 kg. Mãe e bebé encontram-se bem.

A Casa de Santa Isabel, onde o Apoio à Vida acolhe as mães grávidas em situação de maior dificuldade, abriu em 2003 e, nestes seus dez anos de existência, já recebeu 112 mães e 97 crianças, das quais 71 aí nascidas.

 

 

 


Férias reduzido

Férias no Apoio à Vida

No verão, como vem sendo habitual, organizámos uma semana de férias para as mães que acompanhamos no Apoio à Vida. É nesta semana que muitas mães têm a oportunidade de, pela primeira vez, conhecer outros locais para além do sítio onde habitualmente vivem.
Juntos, vamos à praia, cantamos e fazemos jogos e workshops sobre diversas áreas: é um período de verdadeiro convívio e de descontração.

Este ano, as férias foram passadas em Janas, Sintra, numa casa gentilmente cedida pela Paróquia de São Pedro de Alcântara. Pedimos à Vera, uma das voluntárias que disponibilizou o seu tempo para passar estas férias connosco, para nos contar esta experiência:

“Em Julho, houve mais uma semana de férias do Apoio à Vida. Como voluntária, aceitei o desafio com entusiasmo.
Os nossos dias estiveram sempre muito ocupados com actividades: workshops de culinária e maquilhagem, idas à praia, jogos e alguns serões com convidados que quiseram dar-nos o seu testemunho.

Em poucos dias, criou-se entre as mães uma forte ligação: trocavam ideias sobre os seus bebés e ajudavam-se umas às outras, com as ainda grávidas a demostrar uma grande vontade de ajudar a tratar dos bebés e a quererem que os seus nasçam rápido, rápido. Foi bom ver o gelo inicial a quebrar-se e a casa a encher-se rapidamente de alegria e animação.

Ao longo da semana, fui sendo surpreendida com exemplos de coragem e força de mães que, mesmo depois de terem estado, ou ainda estarem, a passar por situações muito difíceis e complicadas, continuam a ver motivos para sorrir. São histórias que nos acompanham e nos vêm à cabeça em dias mais difíceis, como exemplos de força e dedicação.

Este ano, foi a segunda vez que fiz parte da equipa de voluntárias (fantástica!), acompanhando um incrível grupo de mães. O resultado foi muito bom e ainda mais gratificante. Em cinco dias, criamos com as mães uma ligação que deixa saudades, ficando também a certeza de que muito aprendi nestes dias (que souberam a pouco) e muita vontade de repetir a experiência.”


Estágio de Costura reduzido“Era uma vez um sonho…”

Em parceria com o atelier/loja “Era uma vez um sonho…”, onde são feitos bonecos de pano de todas as maneira e feitios, a Miloca, uma das mães que apoiamos, fez um estágio de dois meses onde aprendeu muita coisa e, acima de tudo, descobriu que tem um novo gosto na sua vida – costurar.
“Gostei muito de aprender a costurar e a cortar moldes. Gostava de seguir este trabalho e de ter uma máquina de costura para continuar.
Gostei muito do trabalho. Nos primeiros tempos, foi difícil, pois não sabia fazer nada. Mas depois adaptei-me e consegui fazer muitas coisas: Bonecos de vários feitios e malas de pano.
Gostava de ter uma máquina e fazer eu mesmo as coisas.
Foram dois meses de estágio e o que gostei mais foi de aprender a costurar e de conhecer a Sra. Julieta, que é um amor de pessoa e me explicou tudo com muita paciência.
Ainda hoje, nas minhas folgas, quando posso (de momento, trabalho num hotel), vou ao atelier. Gostava mesmo de continuar a trabalhar em costura.” www.eraumavezumsonho.com


 TestemunhoTestemunho de Voluntária

 A Diana, de 35 anos, voluntária no Apoio à Vida desde Dezembro de 2012, partilhou connosco a sua experiencia:

“Sou mãe de 2 filhos já crescidos. Como não trabalho fora de casa e eles já não exigem tanto de mim, resolvi procurar uma instituição na qual pudesse fazer voluntariado e, assim, dar um bocadinho do meu tempo a quem precisasse. Vim para o Apoio à Vida, que protege e defende uma causa que, a mim, toca pessoalmente.

Tem sido uma experiência inteiramente gratificante, a todos os níveis! Tanto me sinto pequena pela dimensão e dureza da realidade, como enorme, por estar a "acarinhar" quem mais precisa.
Hoje, sou uma pessoa mais atenta, paciente e completa. O voluntariado passou a fazer parte de mim. Dá-me histórias para contar e partilhar. Dá-me a possibilidade de demonstrar amor pelo próximo e faz-me ver que, apesar da vida frenética que todos temos, consegui encontrar tempo. Tempo que antes julgava não ter e que, como que por magia, não só existe, como se multiplica!

Acima de tudo, sinto que o voluntariado me tornou melhor cristã, mãe, mulher, amiga... E os mil sorrisos que levo sempre daqui são a melhor recompensa que alguma vez poderia ter!”


Baptizados reduzidoBaptizados - um sonho para várias famílias

Este ano, ajudámos várias famílias a concretizar um sonho.
Com a ajuda e dedicação de vários amigos do Apoio à Vida, foi possível baptizar mais de 10 crianças, cujas famílias têm sido acompanhadas pela nossa Instituição.

A voluntária Diana Frazão preparou todos os pais para esta celebração, realizada na Igreja da Paróquia de São Pedro em Alcântara e presidida pelo respectivo Prior, Padre Valter Malaquias.

De seguida, houve um almoço multicultural, partilhado com todas as famílias das crianças, em que cada uma contribuiu com uma refeição típica da sua terra. Foi um momento de grande alegria para o Apoio à Vida, para as famílias e para as crianças baptizadas!


botoeslaterais1

botoeslaterais31

botoeslaterais2